Ao planejar o casamento, você escolhe detalhe por detalhe. Até chegar o grande dia e poder ver o resultado final. Então, andar segurando um buquê até o altar e dizer sim. Desse modo, conseguimos visualizar que o buquê faz parte da figura principal, de modo que dar atenção a escolha dele. Por isso, vamos tirar uma dúvida comum: devo escolher buquê de noiva artificial ou natural? Continue lendo para ver os pós e contras.

Noiva na floresta de costas segurando buquê branco
Para aprender mais sobre buquês, confira nosso post sobre como escolher o seu, desde quais flores são melhores, aos formatos que existem. Clique aqui para ler. (Reprodução/Unsplash)

Origem do buquê

A origem do buquê remete a Grécia Antiga, eles acreditavam que o conjunto das flores e ervas aromáticas afastariam os espíritos e trariam bons fluídos. Bem como, significava o desejo de união do casal. Até porque, as noivas costumavam oferecer os bouquets a Deusa Hera, afinal era a deusa do casamento, da fertilidade e proteção feminina).

Mesmo que não estejamos presos aos significados antigos, é perceptível que ainda o vemos de forma parecida, já que no final a noiva joga o buquê para outra mulher pegar e se tornar a próxima noiva, ou seja, é um sinal de boa sorte que ele traria. Outro ponto, é que ele é um símbolo de romantismo, sendo presenteado em datas especiais, como Dia dos Namorados e aniversário de namoro.

Além disso, é um belo ornamento no visual da noiva, sendo adotado pela grande maioria. Se você não quer entrar de buquê, não é um problema, algumas entram com um terço ou não segurando nada. Contudo, se está nos seus planos, veja abaixo as dicas para saber escolher entre natural e artificial.

Noiva em pé, segurando um buquê de noiva branco.
Para ter inspirações de quais flores escolher, clique aqui, que fizemos um artigo sobre. (Reproduções/Pexels)

Buquê Natural: Vantagens e Desvantagens

A primeira opção das noivas, sempre é o buquê natural. Foi assim que começou e criou-se uma tradição. Dessa maneira, muitas buscam os significados das flores que vão usar no buquê e em como eles se relacionam com suas vontades. Ademais, o visual é incrível e elegante. 

Continuando as vantagens, o agradável de ser natural, é por ser possível escolher pelo cheiro. Já que irá perfumar seu casamento. 

No entanto, você precisará investir mais dinheiro se pretende usar flores reais em toda decoração. Para economizar, procure pelas flores da temporada.

Desse modo, as desvantagens são: o preço, precisar escolher de acordo com a estação do ano, qual temperatura estará no dia e que elas não duram. Se quiser guardar o buquê será necessário um processo mais longo, de secar e enquadrar.

Buquê Artificial: Vantagens e Desvantagens

Em seguida, há o buquê artificial. Isto é, fabricado com materiais, sejam eles, tecidos, papéis, joias, pedras, papéis, entre outros. Assim, sua vantagem é por poder ser tão diverso e diferente. Afinal, você pode escolher as flores e mandar fazer, independente da época. Bem como, colocar elementos que não existem, como mudar a cor da flor. E as noivas com alergia à flores agradecem.

Além disso, você pode guardá-lo como lembrança, visto que não irá murchar. Sendo útil para outras situações, por exemplo, você pode levar o buquê quando for escolher o vestido (testar qual combina), fazer as fotos antes do casamento (pré-wedding) e depois, o que ajuda a economizar. Inclusive, eles costumam ser mais baratos do que os naturais.

Mais do que isso, é possível comprar pela internet e encomendar meses antes do casamento, adiantando a decoração, caso queira comprar flores artificiais para o resto também. Entretanto, é legal mesclar na decoração com algumas flores naturais para deixar mais sofisticado.

O que nos leva as desvantagens: se todas as flores do seu casamento forem falsas, não ficará tão elegante, é preferível mesclar; então, se escolher o buquê artificial, observe a qualidade dele para parecer mais real (isso pode torná-lo mais caro). Por fim, se você não encomendar, mas sim comprar um modelo pronto na internet, você não vai poder mudar a ordem dos elementos, eles precisam continuar como estavam.

Em síntese, ambos podem ser usados, depende dos seus objetivos e preferências. Inclusive, fazer uma mistura dos dois. Considere o que te incomoda ou não, suas prioridades e orçamento. Pesquise o preço dos dois na sua cidade e na internet. Então, me conte nos comentários o que achou dessas informações e qual tipo de buquê você pensa em escolher para seu casamento.

Deixe uma resposta