Definir as datas, fazer a lista de convidados, escolher a tipografia, as cores e o estilo do convite, visitar igrejas e/ou espaços para festas, marcar o civil, definir a decoração, procurar, reunir, visitar e experimentar buffet, enviar os convites, alugar vestido, experimentar, ajustar, experimentar… é tanto coisa que você até se perdeu, né? Nós sabemos disso, mas calma! Vamos te ajudar nessa missão gostosa que são os preparativos para o casamento, te mostrando como fazer um checklist!

Foto colorida de mulher vestida de noiva segurando buquê de flores brancas.
Planejar o casamento é importante e necessário.

Comecem pelo principal

Pode ser que você ache isso bobo, mas sabemos o quanto preparar um casamento pode ser empolgante. No entanto, para facilitar a sua vida e simplificar complicações, comece pelo começo. Pegue papel e caneta para esquematizar o processo (ou crie uma planilha/documento no computador), e faça os seguintes questionamentos:

1. O que é essencial para a realização de um casamento?

Documentação, escolha das testemunhas e definição da modalidade, se será apenas no cartório ou cartório + cerimônia em espaço, cerimônia na igreja, juiz de paz… enfim, existem muitas possibilidades (para todos os bolsos). É importante começar por essa questão, ok?

2. Qual é o orçamento que nós temos?

Dar um passo maior que a perna não é a melhor forma de começar um casamento, acredite nisso. Se vocês não têm orçamento para convidar 250 pessoas, não convidem 250 pessoas. Sabemos do desejo de querer compartilhar esse momento único e tão feliz com quem vocês gostam, mas é preciso serem realistas. Ademais, há várias coisas que é possível fazer (por contra própria mesmo) para diminuir os gastos, como fazer o próprio convite, definir o cardápio, comprar o ingredientes e contratar um profissional para cozinhar… enfim, isso é assunto para outro artigo.

Foto colorida de ferramentas sobre papel branco.
Hoje, há tutoriais gratuitos ensinando a fazer convites, lembranças, decoração e muitas outras coisas.

Pesquisem muito

Antes do próximo passo é necessário que você pesquise muito sobre tudo: tendências, estilos de vestidos de noiva, de decoração, tutoriais de faça você mesmo, lembranças, playlists de festas, receitas, locação de móveis… Uma boa pesquisa pode te ajudar a ter o casamento dos sonhos e ainda a poupar bastante o seu bolso.

Escolham a data

Bom, depois de definir a modalidade e o orçamento, entramos num dos assuntos mais esperados: a escolha da data, os convites e os trajes dos noivos. Escolher a data é muito importante para definir se o casamento será pela manhã, no fim da tarde, à noite, na praia, no campo etc. Afinal, não dá para marcar a cerimônia à céu aberto num fim de tarde de janeiro, concorda? Nesse caso, é provável que vocês e seus convidados voltem molhados de chuva para casa.

Façam a lista de convidados

Depois de marcada a data, é hora de pensar na lista de convidados e nos convites de casamento. Como dissemos anteriormente, não dê um passo maior que a perna. Se o seu orçamento for curto e você quiser convidar muitos convidados, algum outro lado terá que ser cortado. Sendo assim, priorize. Conversem e cheguem à prioridades. Definam o que será escrito dentro do convite, assim como o tipo dele: as cores, se será digital, de papel cartão, se terá envelope, enfim. Inspirações não faltam, use e abuse da criatividade!

Escolham o que vão vestir

Os trajes dos noivos, por sua vez, merecem atenção especial. É preciso começar a olhar com bastante antecedência, principalmente as noivas. Isso porque, até encontrar O modelo que você sempre sonhou leva tempo, a não ser que você tenha a sorte de dar um match de primeira! Como essa não é a realidade da maioria, se anteceda, ok? Nesse tópico, entram os adornos: sapatos, buquê, perfumes, penteados, maquiagem etc.

Foto colorida com vista superior dos trajes que serão usados pelo noivo: par de sapatos, lenço, relógio, cinto, perfume, bíblia e par de alianças.
Escolher os trajes que os noivos irão usar no dia do casamento é uma das etapas mais esperadas do planejamento.

Comprem as alianças

Essa parte é com a gente mesmo! Comprar aquilo que será símbolo do seu amor e compromisso deve ser algo muito bem pensado. Por isso, vale a pena investir em que oferece garantia eterna e certificado de legitimidade, viu? Fora que, na Altar, é você quem cria o modelo de suas alianças. Ou seja, elas podem ser ÚNICAS e EXCLUSIVAS. Já imaginou isso?

Se houver festa, definam o cardápio e escolham o local

É bom pensar e pesquisar sobre o que será servido sempre depois da lista de convidados, ok? Isso te ajuda a ter uma visão macro do evento e vai facilitar as escolhas. Além de também influenciar na definição do local. Afinal, você não precisa locar um espaço com capacidade para 1000 pessoas se só vai convidar 150. Pense sobre isso!

Foto colorida de noivos dançando e se beijando no meio do salão.
A escolha do local pode ser feita depois da definição da lista de convidados.

Contratem um fotógrafo

É essencial? Não, mas ter fotos profissionais de um dos momentos mais lindos da vida é tudo de bom, né? Pesquise por fotógrafos que façam o tipo de trabalho que vocês gostam e registrem esse sonho!

Mão dos noivos se tocando.
Escolher um bom fotógrafo para registrar a cerimônia/festa também é importante dentro de um planejamento de evento.
Ficou alguma dúvida? Me conta nos comentários!

Deixe uma resposta