Você consegue identificar quando um relacionamento é bom e saudável? É claro que ninguém sabe o que de fato acontece entre um casal, mas décadas de pesquisas científicas sobre o amor, o sexo e os relacionamentos nos ensinaram que uma série de comportamentos pode revelar quando um casal está em terreno sólido ou se está encaminhando para águas turbulentas.

Foto colorida de casal se abraçando em campo.
Identificar o que precisa ser melhorado é o primeiro passo para a evolução de um relacionamento. (Reprodução/Pexels)

Bons relacionamentos não acontecem da noite para o dia. Para isso, os casais assumem compromisso, perdão e, acima de tudo, esforço. Continue lendo para conhecer as novidades científicas a respeito dos relacionamentos e confira dicas úteis para te ajudar a construir um vínculo mais forte com seu o parceiro!

Amor e romance

Se apaixonar é a parte fácil, convenhamos né?! O grande desafio é reacender o fogo do romance quando ele acaba e cultivar o amor maduro e confiante que é a marca registrada de um relacionamento duradouro.

Sexo

Para a maioria dos casais, quanto mais sexo eles fazem, mais feliz é o relacionamento. E aí, como anda a vida sexual de vocês? Casais comprometidos fazem mais sexo do que qualquer outra pessoa, e os principais fatores associados a uma vida sexual pouco ativa são a idade avançada e o fato de não ser casado. Se você está no meio disso tudo, saiba que pode levar tempo e esforço para recuperá-la. Todavia, a solução mais viável é bastante simples, mas muito difícil para muitos casais: começar a falar sobre sexo.

  • Simplesmente faça: faça sexo, mesmo que não esteja com disposição. O sexo desencadeia respostas hormonais e químicas no corpo e, mesmo que você não esteja de bom humor, é provável que chegue lá rapidamente assim que começar.
  • Fale: Pergunte ao seu parceiro o que ele quer. Surpreendentemente, esse parece ser o maior desafio que os casais enfrentam quando se trata de reiniciar sua vida sexual.

Sim, sabemos que conversar com seu parceiro sobre sexo não é tão fácil como parece. No entanto, a principal diferença a respeito desse assunto para homens e mulheres é onde começa o desejo sexual. Em geral, os homens esperam que suas parceiras iniciem o sexo com mais frequência e sejam mais desinibidas na hora do dito cujo. Mas para as mulheres, o comportamento fora do quarto é o que, de fato, importa. Elas desejam que os parceiros sejam mais afetuosos, prestativos e as elogiem fora do quarto (isso é o mínimo de um relacionamento, concorda?).

Foto colorida de casal encostado em carro.
Existem alguns truques para ajudar a manter a fidelidade pelo parceiro. (Reprodução/Pexels)

Fidelidade

Homens e mulheres podem ”treinar” para proteger seus relacionamentos… mas como, você deve estar se perguntando. Pois, bem, evitando oportunidades.

Em uma pesquisa, psicólogos da Universidade de Vermont, Estados Unidos, perguntaram a 349 homens e mulheres em relacionamentos sérios sobre fantasias sexuais. 98% dos homens e 80% das mulheres relataram ter imaginado um encontro sexual com outra pessoa que não seu parceiro pelo menos uma vez nos dois meses anteriores. Quanto mais tempo os casais estavam juntos, maior a probabilidade de ambos os parceiros relatarem tais fantasias.

Mas há uma grande diferença entre fantasiar sobre infidelidade e realmente seguir em frente. O fator de risco mais forte para a infidelidade, descobriram os pesquisadores, não existe dentro do casamento, mas fora: a oportunidade.

Assim, a melhor chance de se manter fiel é limitar as oportunidades que podem permitir que você se desvie. Homens e mulheres comprometidos evitam situações que podem levar a decisões erradas – como noitadas com os amigos, sem a presença do parceiro, é claro.

Conflito

Todo casal tem divergências, mas a ciência mostra que a maneira como duas pessoas discutem tem um grande efeito sobre seus relacionamentos, e muitas pessoas fazem o possível para evitar conflitos. No entanto, pesquisadores afirmam que cada conflito apresenta uma oportunidade de melhorar a relação. Nesse sentido, o segredo é aprender a lutar construtivamente de forma que o faça se sentir melhor em relação ao seu parceiro.

Se você ainda não sabe como conseguir tal proeza, aqui estão alguns conselhos gerais para te ajudar:

  1. Identifique a reclamação, não a crítica. Se você está chateado com o trabalho doméstico, não comece a briga criticando seu parceiro. Concentre-se na reclamação e no que a tornará melhor. “É tão difícil quando eu trabalho até tarde às quintas-feiras para chegar em casa e ver pratos sujos e crianças sem banho. Você acha que poderia encontrar uma maneira de ajudar mais nessas noites?”
  2. Evite frases com “você”. Frases como “você sempre” e “você nunca” são quase sempre seguidas de críticas e acusações.
  3. Pense nos pronomes. Frases que começam com “eu” ou “nós” ajudam a identificar problemas e soluções, em vez de colocar a culpa em outra pessoa.
  4. Esteja ciente da linguagem corporal. Sem revirar os olhos, o que é um sinal de desprezo. Olhe para o seu parceiro quando você fala.
  5. Aprenda a diminuir a intensidade. Quando a discussão começar a esquentar, procure acalmar a situação, ok?

Por isso, você só precisa ter certeza de que começou da maneira certa, para que a discussão possa ser construtiva ao invés de prejudicial.

Foto de casal com o filho sentados na cama. Eles estão sorrindo.
Pesquisas recentes revelaram que casais que fazem mais sexo são mais felizes. (Reprodução/Pexels)

Faça seu relacionamento durar

Aqui estão algumas sugestões de como fortalecer seu relacionamento com base nas conclusões de vários estudos.

Ser generoso pode melhorar o seu relacionamento

Você é generoso com seu parceiro? Com que frequência você expressa afeto? Ou tem pequenos gestos, como levar café? É certo que homens e mulheres que pontuam mais alto na escala de generosidade estão mais propensos a relatar casamentos muito felizes. Pense sobre isso.

Use seu relacionamento para o crescimento pessoal

Encontrar alguém que torne a sua vida mais interessante é um fator importante para sustentar um relacionamento de longo prazo. Dessa forma, quanto o fato de estar com essa pessoa resultou em aprendizado de coisas novas para você? O quanto conhecer seu parceiro fez de você uma pessoa melhor?

Seja decisivo

A forma cuidadosa com que os casais tomam decisões pode ter um efeito duradouro na qualidade de seus relacionamentos. Casais que são decisivos antes do matrimônio – definindo intencionalmente suas atitudes, morando juntos e planejando uma união mais séria – parecem ter casamentos melhores do que os casais que simplesmente permitem que a inércia os conduza por grandes transições.

Deixe uma resposta