Qualquer que seja a causa de desentendimentos e disputas, essas habilidades podem te ajudar a resolver conflitos de maneira construtiva e manter seus relacionamentos fortes e saudáveis.

Foto de casal brigado. Eles estão sentados em lados opostos da cama.
Os conflitos estão presentes em todo e qualquer relacionamento, e saber gerenciá-los é fundamental. (Reprodução/Pexels)

O que é um conflito?

O conflito é uma parte normal de qualquer relacionamento saudável. Afinal, não se pode esperar que duas pessoas concordem em tudo, o tempo todo. A chave não é temer ou tentar evitar conflitos, mas aprender como resolvê-los de maneira saudável.

Quando o conflito é mal administrado, pode causar grande dano ao relacionamento, mas quando tratado de maneira respeitosa e positiva, o conflito oferece uma oportunidade de fortalecer o vínculo entre duas pessoas. Quer você esteja enfrentando conflitos em casa, no trabalho ou na escola, aprender essas habilidades pode ajudá-lo a resolver as diferenças de maneira saudável e a construir relacionamentos mais fortes e gratificantes.

  • Um conflito é mais do que apenas um desacordo. É uma situação em que uma ou ambas as partes percebem uma ameaça (seja a ameaça real ou não).
  • Os conflitos continuam a se agravar quando são ignorados. Como os conflitos envolvem ameaças percebidas ao nosso bem-estar e sobrevivência, eles permanecem conosco até que os enfrentemos e resolvamos.
  • Respondemos aos conflitos com base em nossas percepções da situação, não necessariamente com uma revisão objetiva dos fatos. Nossas percepções são influenciadas por nossas experiências de vida, cultura, valores e crenças.
  • Os conflitos desencadeiam emoções fortes. Se você não se sentir confortável com suas emoções ou se não for capaz de controlá-las em momentos de estresse, não conseguirá resolver o conflito com sucesso.
  • Os conflitos são uma oportunidade de crescimento. Quando você é capaz de resolver conflitos em um relacionamento, isso gera confiança. Você pode se sentir seguro sabendo que seu relacionamento pode sobreviver a desafios e desentendimentos.

As causas de conflitos em um relacionamento

O conflito surge de diferenças, grandes ou pequenas. Ocorre sempre que as pessoas discordam sobre seus valores, motivações, percepções, ideias ou desejos. Às vezes, essas diferenças parecem triviais, mas quando um conflito desencadeia sentimentos fortes, uma necessidade pessoal profunda costuma estar no centro do problema. Essas necessidades podem variar, desde a necessidade de se sentir seguro e protegido ou respeitado e valorizado, até a necessidade de maior proximidade e intimidade.

Pense nas necessidades opostas de uma criança a um dos pais. A necessidade da criança é explorar, então aventurar-se na rua ou na beira do penhasco atende a essa necessidade. Todavia, a necessidade dos pais é garantir a segurança da criança, uma necessidade que só pode ser satisfeita limitando a exploração dela. Uma vez que essas necessidades estão em disputa, surge o conflito.

Assim, as necessidades de cada parte desempenham um papel importante no sucesso de longo prazo de um relacionamento. Cada um merece respeito e consideração. Nos relacionamentos pessoais, a falta de compreensão sobre as diferentes necessidades pode resultar em distância, discussões e separações. No local de trabalho, necessidades diferentes podem resultar em negócios quebrados, lucros reduzidos e empregos perdidos.

Portanto, quando você consegue reconhecer necessidades conflitantes e está disposto a examiná-las com compaixão e compreensão, isso pode levar à solução criativa de problemas, construção de equipes e relacionamentos mais fortes.

Foto de um robô segurando um coração de papel partido.
É importante dialogar, ter paciência e empatia para resolver um conflito. (Reprodução/Pexels)

Como você responde ao conflito?

Você tem medo do conflito ou o evita a todo custo? Se sua percepção do conflito vem de memórias dolorosas da primeira infância ou de relacionamentos anteriores doentios, você pode esperar que todos os desacordos terminem mal. Você pode ver o conflito como desmoralizante, humilhante ou algo a temer. Se as experiências da infância o deixaram sem poder ou fora de controle, o conflito pode até ser traumatizante para você.

Se você tem medo de conflito, isso pode se tornar uma profecia que se auto realiza, viu? Quando você entra em uma situação de conflito já se sentindo ameaçado, é difícil lidar com o problema em questão de maneira saudável. Em vez disso, é mais provável que você se feche ou exploda de raiva.

Formas saudáveis de gerenciar e resolver conflitos

  • A capacidade de empatia com o ponto de vista da outra pessoa. 
  • Reações calmas, não defensivas e respeitosas. 
  • Prontidão para perdoar e esquecer, e para superar o conflito sem guardar ressentimentos ou raiva. 
  • A capacidade de buscar concessões e evitar punições. 
  • A crença de que enfrentar o conflito de frente é a melhor coisa para ambos os lados.

Resolução de conflitos, estresse e emoções

O conflito desencadeia emoções fortes e pode causar mágoa, decepção e desconforto. Quando tratada de maneira prejudicial à saúde, pode causar rupturas, ressentimentos e separações irreparáveis. Entretanto, quando o conflito é resolvido de maneira saudável, isso aumenta sua compreensão da outra pessoa, gera confiança e fortalece seus relacionamentos.

Se você está fora de sintonia com seus sentimentos ou tão estressado que só consegue prestar atenção a um número limitado de emoções, não será capaz de compreender suas próprias necessidades. Isso dificultará a comunicação com os outros e estabelecerá o que realmente o está incomodando. Por exemplo, os casais costumam discutir sobre diferenças mesquinhas – a maneira como ele deixa o chinelo ao lado da cama, a maneira como ela bebe a sopa – em vez do que de fato está  incomodando.

Resolver conflitos com sucesso depende de sua capacidade de:

  • Controle o estresse rapidamente enquanto permanece alerta e calmo. Mantendo a calma, você pode ler e interpretar com precisão a comunicação verbal e não verbal.
  • Controle suas emoções e comportamento. Quando você está no controle de suas emoções, pode comunicar suas necessidades sem ameaçar, intimidar ou punir os outros.
  • Preste atenção aos sentimentos expressos, bem como às palavras faladas por outras pessoas.
  • Esteja ciente e respeite as diferenças. Ao evitar palavras e ações desrespeitosas, quase sempre você pode resolver um problema mais rápido.

Depois dessa aula fica mais fácil resolver qualquer tipo de conflito, não é verdade? Compartilhe com quem você ama!

Deixe uma resposta