Apesar de muitas pessoas terem a concepção de que se preocupar com a aparência e o modo de se vestir é algo superficial, a verdade é que pode fazer diferença na sua vida. Pois, acaba sendo um grande diferencial no mercado de trabalho. Para entender melhor os motivos disso e ver inspirações de looks adequados para trabalhar, continue lendo.

Quatro mulheres olhando para frente, todas estão vestidas com roupa social, terno e calça, mas cada uma de uma cor diferente. Respectivamente os conjuntos são: preto, rosa, coral e cinza.
Confira opções formais, informais, para o calor e para o frio. (Reprodução/Pexels)

Como as roupas influenciam na forma que os outros te veem?

As roupas não definem quem você é, nem determinam suas competências. Contudo, elas são uma ótima forma de expressar essas características para o mundo. Desse modo, se vestir de maneira formal, faz com que os outros funcionários e os clientes te percebem como alguém confiável e responsável. Bem como, entendem que você leva seu trabalho e carreira a sério.

Exemplo disso, se você quisesse contratar um advogado e ao chegar na empresa encontrasse um vestido de camiseta e jeans rasgado, enquanto outro estava de terno e calça social, imediatamente qual acharia mais adequado para tratar do seu caso?  Qual acharia que tem maior autoridade no assunto?

Ademais, as roupas também influenciam no modo que você se enxerga. Ou seja, dependendo da roupa, bem como do cabelo e da maquiagem, você acaba se sentindo menos ou mais confiante. Por isso, é importante escolher roupas que te valorizem e expressem a mensagem que você quer passar.

Mulher usando terno rosa.
Pode ajudar a conquistar um cliente e/ou causar boa impressão para as pessoas com que você trabalha. (Reprodução/Pexels)

Quais tipos de roupa usar para trabalhar?

Antes de mais nada, é necessário saber se a empresa que você trabalha tem dress code. Isto é, normas pré-definidas de como você deveria se vestir. Se tiver, observe como outras pessoas, que estão no mesmo cargo que você, se vestem. Assim, você cria uma base e fica menos perdida.

Descubra seu estilo pessoal 

Então, é preciso descobrir qual seu estilo, se é mais romântico, esporte, urbano, etc. Em seguida, passar a incorporar elementos do seu estilo tanto nas roupas do dia-a-dia quanto do trabalho. Porque assim, você cria uma identidade visual bem definida, de modo que os outros consigam te identificar.

Mais do que isso, tem a vantagem de conseguir comprar roupas de forma mais direcionada, gastando menos tempo e dinheiro. Visto que, quando compramos qualquer coisa por impulso e não porque precisamos e combina conosco, pode ser que depois acabe nem usando a peça.

Mulher com terno azul sentada no banco de trás no carro olhando pela janela.
Siga esses passos e observe a grande diferença que seu guarda-roupa terá. (Reprodução/Pexels)

Escolha peças confortáveis

Em seguida, quando for escolher uma roupa para trabalhar, lembre que ela precisa ser confortável. Dado que, você usará ela durante todo seu dia. Assim, não escolha nada muito apertado, principalmente se seu trabalho exija muita movimentação.

Sendo necessário observar os tecidos antes de comprar. Prefira ir na seção de alfaiataria da loja. Adquirindo roupas de linho, crepe e seda. Inclusive, o linho é fresco, ideal para usar nos dias quentes.

Por fim, escolha peças mais estruturadas, com formas retas. Pois, passam mais seriedade e autoridade no assunto. O que não significa que você precisa perder a feminilidade, se isso te preocupa.

Looks para se inspirar:

1- Camisa

A mais típica, é a camisa branca, por combinar com uma infinidade de peças. Ela é um daqueles itens essenciais para ter no guarda-roupa, sabe? Mas também, você pode investir em uma camisa preta ou estampada!

Outro ponto que eu queria comentar, é que você pode usar com calça jeans também. Seja porque você gosta mais ou porque é mais barato. No entanto, busque modelagens retas, que não sejam coladas para passar uma imagem mais elegante.

2- Terninho

Para trazer a ideia de formalidade, é essencial ter um terninho no seu guarda roupa. Entretanto, isso não significa que você ficará “careta” ou algo do gênero. Afinal, depende de todo o visual para chegar a uma opinião. Na primeira imagem abaixo, ela está elegante e ao mesmo tempo parece uma pessoa dinâmica!

Eles costumam vir em conjunto com a calça em uma só cor, ou seja, de forma monocromática. O que ajuda alongar a silhueta. Inclusive, você pode usar por baixo, a camisa social.  Se não, pode ser com uma blusinha regata.

3- Calça social e camiseta

Se até agora você achou as peças sérias demais e no seu serviço a maioria das pessoas não se vestem assim, ou seja, você destoaria de maneira negativa, considere misturar itens formais com informais. Ficando mais estilosa.

Como percebe, continua sendo adequado para utilizar no serviço, mas de uma maneira mais casual. Outro ponto, se preferir complementar o look, é adicionar alguns acessórios elegantes.

4- Saia midi

Os outros exemplos foram todos com calça, mas se você quer variar, ou simplesmente não é muito fã de calça, uma saia midi cairá bem. Bem como, vestidos nesse comprimento.

Aproveitando para falar como uma peça pode causar diferentes impressões dependendo de como foi combinada. Vamos começar com essa primeira foto abaixo. Ela tem um cabelo assimétrico, o que passa dinamismo e criatividade, ela usa uma blusa amarela clara, que traz essa sensação de alegria e o tecido parece muito confortável. Além da postura dela. No todo, traz uma imagem acolhedora.

Já nesta segunda imagem, mesmo que ela também esteja de saia midi e cabelo curto, a sensação que ela passa é diferente. Pois, o corte de cabelo é simétrico, os tecidos da roupa dela são mais estruturados e grossos. Ademais, as cores das roupas são mais escuras, passando ideia de seriedade e profundidade. Além disso, o sobretudo cria duas linhas retas, que transmitem objetividade. Desse modo, ela passa imagem de mulher decidida e confiante.

Fico por aqui. Qualquer dúvida ou sugestão é só deixar nos comentários!

Deixe uma resposta