Segundo a Bíblia, livro sagrado do cristianismo, aliança é um acordo entre pessoas. Diferente do que costumamos acreditar, o uso de um símbolo físico, como é o caso dos anéis, não surgiu aqui. Mas calma, vamos explicar tudo direitinho sobre o que a Bíblia diz sobre a aliança de casamento!

Casal de alianças cruzando os dedos em forma de juramento.
Casal de alianças cruzando os dedos em forma de juramento.

Se você leu o nosso último post, já sabe que a ideia de infinitude, fidelidade e união foi agregado aos anéis pelos egípcios, por volta de 2.800 a.C, de acordo com arquivos históricos encontrados. Isso quer dizer que essa tradição não surgiu a partir do cristianismo e, tampouco, da bíblia. No entanto, encontramos inúmeras passagens acerca de aliança.

O capítulo 9 do livro de gênesis marca a primeira menção à palavra.

”E falou Deus a Noé e a seus filhos com ele: eis que estabeleço a minha aliança convosco e com a vossa descendência depois de vós.”
Gênesis 9:8-9

Além dessa passagem, encontramos várias outras.

“Faço com você uma aliança”, disse o Senhor. “Diante de todo o seu povo farei maravilhas jamais realizadas na presença de nenhum outro povo do mundo. O povo no meio do qual você habita verá a obra maravilhosa que eu, o Senhor, farei.
Êxodo 34:10

Por essa razão, Cristo é o mediador de uma nova aliança para que os que são chamados recebam a promessa da herança eterna, visto que ele morreu como resgate pelas transgressões cometidas sob a primeira aliança.
Hebreus 9:15

Ele nos capacitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do Espírito; pois a letra mata, mas o Espírito vivifica.
2 Coríntios 3:6

Assim Jônatas fez uma aliança com a família de Davi, dizendo: “Que o Senhor chame os inimigos de Davi para prestar contas”. E Jônatas fez Davi reafirmar seu juramento de amizade, pois era seu amigo leal.
1 Samuel 20:16-17

Nessas passagens encontramos algo em comum… você sabe dizer o que é? Bem, em nenhuma delas há a menção de um anel. Em todos esses casos, a aliança diz respeito à um compromisso fundado, não ao uso de um acessório. É claro que, após a incorporação da tradição egípcia, a aliança passou ter um significado completar, mas à princípio não foi assim.

Mulher ganhando beijo no rosto.

Hoje, dentro da ótica cristã, sabe-se que o uso da aliança (compromisso + objeto) é também uma união com Deus. Além dessas, há várias outras passagens que rementem à essa interpretação.

”De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus juntou não separe o homem.” Mateus 19:6

De qualquer forma, e independente da religião, a aliança, como o próprio nome sugere, é um aliar-se. Nesse caso, aliar-se à outra pessoa.

Deixe uma resposta