A tradição de usar vestido de noiva branco no dia do casamento, ainda hoje, tem muita força… Mas será que foi sempre assim?

Bom, existem muitas histórias em torno da cor do vestido de noiva. Uma das mais recentes diz que é graças à rainha Vitória (Inglaterra) que hoje as noivas vestem branco. No entanto, a escolha dessa cor nunca foi unânime. Na Idade Média, por exemplo, o que realmente importava era o luxo dos vestidos, e não a cor. Isso porque, como os casamentos eram celebrados para fazer alianças comerciais, as vestes eram escolhidas a dedo e usadas para demonstrar as posses da família. 

Mulher vestida de noiva encostada no pé da cama.
O vestido de noiva branco é tradição recente. (Reprodução/Pexels)

Na Renascença, período em que a religião ‘’comandava’’ todas as questões políticas, comerciais e culturais, as noivas não podiam sequer pensar duas vezes na hora de escolher a cor de suas roupas… ou poderiam ser queimadas em fogueiras públicas (quem dera essa nossa afirmação fosse brincadeira!).

Vestido de noiva branco, uma predileção recente

Apesar de o branco só ter tomado lugar há cerca de dois séculos, a cor já havia sido moda noutras fases da história da humanidade. Durante o Império Romano, as mulheres se casavam com uma túnica branca e uma coroa de flores de laranjeira. No Egito também havia o mesmo costume, mas se engana quem acredita que tenha sido pela cor em si. Sim, indo contra todas as expectativas, a tradição daquela época foi por causa do tecido: o linho. Também na Idade Média se chegou a usar branco no grande dia, mas logo depois ele foi substituído por tons mais coloridos, como o vermelho e o azul, para facilitar e baratear o trabalho com os tintureiros.

Depois desse período, vestir de branco se tornou algo impensável, e essa tradição só se fixou para valer há 170 anos, quando a rainha Vitória decidiu todo o reino aparecendo de branco em sua cerimônia de casamento com o príncipe Alberto. Para desaprovação geral, a monarca ainda trocou a sua coroa real por uma de flores de laranjeira.

Uma forte simbologia

Além desse breve histórico, há uma forte simbologia em torno do vestido branco. Como podemos imaginar (e de acordo com o que sabemos hoje sobre a psicologia das cores) a cor representa a pureza e a inocência. Entre os anos 90 e os 2000, observou-se a tentativa de jogar com outros tons, mas o branco acabou se impondo e permanece assim até hoje. 

Para alguns, o branco também tem um simbolismo religioso. As gerações passadas diziam que se casar de branco era sinônimo de pureza – virgindade, para sermos mais específicos. Nesse contexto, não se casar de branco era o mesmo que dizer que a noiva estava grávida ou que não era mais ‘’pura’’. 

Uma preocupação estética

Sabemos que muitas noivas escolhem se casar de branco por causa da tradição e há outras que o escolhem por razões estéticas. Afinal, com ela fica fácil jogar com os adornos e acessórios, combinando com praticamente qualquer coisa. Além disso, a complexidade e sofisticação de alguns modelos exigem uma cor refinada – como o branco – sob pena de cair no mau gosto na versão colorida.

Casal recém casados correndo de mãos dadas.
A cor, com forte simbologia religiosa, é a mais usada hoje. (Reprodução/Pexels)

Agora que você já sabe um pouco mais da história do vestido de noiva, faça a sua escolha. Se a tradição não é o que você procura, ouse em escolher outra cor!

Deixe uma resposta