Muito comum em outros países, a tradição de enviar um Save The Date já ganhou espaço no Brasil e  são muitos os noivos que não o dispensam. A verdade é que ele é prático, pode ser divertido e acaba sendo uma forma mais segura de garantir a presença de todos os seus amigos e familiares no dia em que irão celebrar o seu amor. Mas afinal, do que se trata o Save The Date? Vale a pena fazê-lo? Não é o suficiente enviar o convite de casamento? Calma! Hoje a Altar vai te explicar tudo sobre esse assunto.

Foto de um Save The Date sobre mesa.
O Save The Date é um pré-convite. Ele serve para avisar, com bastante antecedência, que haverá um eventos especial.

O que significa?

Tal como o nome indica em inglês, um Save The Date significa literalmente “reservar a data”, tendo por objetivo comunicar com bastante antecedência um determinado evento, neste caso o dia do seu casamento. Embora possa ser utilizado para diversas ocasiões, como aniversários, batizados, despedidas de solteiro(a), noivados e outras festas e eventos, são mais comum em matrimônios.

No entanto, para facilitar o entendimento, ele nada mais é que um pré-aviso ou pré-convite, o que não substitui um convite formal quando assim o é exigido, ok? O Save The Date é enviado aos convidados com o objetivo claro de avisá-los sobre a data do evento – neste caso a data definitiva da cerimônia ou o anúncio oficial do noivado – para que os mesmos possam marcá-la em suas agendas, sendo uma grande ajuda para começarem a organizar-se para o grande dia.

Útil, criativo e original

Além de ser uma forma diferente, criativa e original de informar aos seus entes queridos sobre a data do casamento, envolvendo-os desde o início, é ideal para os noivos que casam num feriado, em época de férias, num fim de semana prolongado ou em alguma outra data especial, dando o tempo necessário para os seus convidados se organizarem para participar. É também muito útil para quem tem convidados que vêm de longe ou têm mais compromissos, que precisem, por exemplo, comprar passagens aéreas e bancar gastos com hospedagem.

Foto colorida de casal olhando o horizonte. Eles estão vestidos de noivos e de costas para a câmera.
Enviar o Save The Date facilita a organização dos convidados para a cerimônia.

Prático

Por se tratar de uma forma mais informal de avisar que se vão casar, o Save The Date poderá ser enviado por email ou através das redes sociais, sendo essa a opção mais compatível com noivos ”digitais”.

Além disso, acaba sendo uma solução super prática: a notícia é dada na hora, muitas vezes em tempo real e nem é preciso sair de casa para fazer isso! Assim, você terá “menos trabalho” nesta fase da organização do casamento. Não é tão mais simples responder a um e-mail do que a uma carta?

De qualquer forma, o nosso conselho será sempre pela solução impressa, pois além de nem todos os seus convidados estarem conectados à internet, é mais um detalhe para tornar ainda mais especial ao seu dia e servir de recordação, né?

Quando é que se deve enviar o Save The Date?

O Save The Date deve ser enviado com bastante antecedência – no caso dos casamentos, cerca de 6 a 12 meses antes do grande dia, já que o convite formal é enviado muito mais perto da data. Como se trata de um aviso, e ao contrário dos convites de casamento, o Save The Date não terá de incluir detalhes, como a hora e o local exato onde irá se realizar a cerimônia. Todos esses detalhes serão enviados mais tarde. O mais importante, para além dos nomes dos noivos, é mesmo o dia do casamento.

O que achou desta ideia? Me conta nos comentários se vai enviar um também.

Deixe uma resposta